Delação, Delatores e Delatados

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Estamos vivendo em um dos momentos mais difíceis da história de nossa Pátria querida – BRASIL.

Época de gravíssimas crises em todas as áreas:

Há crise de liderança.

Há crise política em todos os níveis (Nacional, Estadual e Municipal).

Há crise entre os três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário).

Há crise na economia, na educação, na segurança, na saúde.

Há crise de emprego, hoje temos mais de13.000.000 (treze milhões) de desempregados e muitos milhares de moradores de rua!

Há crise existencial, ética e social. Basta olhar para a multiplicação e o crescimento vertiginoso de pessoas que estão sendo escravizadas pelo álcool e outras drogas. Em quase todas as grandes cidades do Brasil as chamadas “cracolândias”  estão crescendo e se multiplicando.

Há crise de credibilidade. O povo, por muitas e justas razões, não mais acredita em promessas dos seus representantes legais que estão ocupando cargos e funções no executivo, no legislativo e no judiciário.

Há crise moral. Basta ver que milhares e milhares de pessoas que estão no poder têm “FORO PRIVILEGIADO” para proteger os que se acham  e se autodenominam de “privilegiados”.

De fato “O Foro Privilegiado” é legal e constitucional, mas é imoral, indecente e injusto, pois quebra o princípio maior da ética, da moral e da justiça de que: “todos são iguais perante a lei”.

É bom lembrar que nem tudo que é legal é moralmente correto. Só para ilustrar, a escravatura já foi legal, a ditadura já foi legal, etc. E é obvio que quando o uso de uma droga (cocaína, heroína, LSD, e outras) se torna legal, ela não deixa de ser droga.

Para pensar: 1-) O Salário Mínimo no Brasil hoje é de $937,00 e o Teto Salarial é de $39.293,00 mais outras vantagens. Ou seja: o salário teto equivale a 41.93 salários mínimos. Isto é “legal”, mas é justo?

   2-) Com quantos anos de mandato e de vida um Senador ou um Deputado adquire o direito de se aposentar? E quais serão as suas aposentadorias? E nós, mero mortais, com quantos anos de trabalho e de vida poderemos aposentar? E qual é o teto de aposentadoria do INSS?

Hoje, não conheço ninguém que ganhe mais de $4.000,00 de aposentadoria pelo INSS, mesmo tendo contribuído o tempo todo com o teto permitido. “Isto é uma vergonha” e uma enorme injustiça.

Atualmente o que estamos mais ouvindo em nosso Brasil são as notícias e comentários acerca das: Delações, dos Delatores e dos Delatados.

Isto é ótimo. Enfim estamos vendo que os crimes dos poderosos estão recebendo um tratamento sério. Graças a Deus que um grupo corajoso, destemido e determinado da nossa justiça está empenhado em praticar justiça, doa em quem doer.

Agora a nossa justiça não é feita apenas para prender “ladrões de galinha” ou “ladrões de botija de gás”. Não é uma justiça só para quem mora nas favelas e periferias das cidades. É justiça para quem mora também em apartamentos (triplex), e até trabalha nos Palácios do Governo.

Devemos apoiar a iniciativa corajosa da nossa justiça. É hora de prender os opressores do nosso povo. Ladrões de Bilhões.

Formadores de quadrilhas altamente perigosas, de alta periculosidade na arte de roubar os cofres públicos, desviar dinheiro e cometer toda sorte de barbaridade contra a economia do Brasil.

Criminosos altamente preparados na arte de aliciar outros para suas quadrilhas especializadas em assaltar os cofres públicos, lavar dinheiro e praticar a evasão de divisas para os paraísos fiscais.

Criminosos inescrupulosos, insaciáveis, sem limites, capazes de praticar todo tipo de ilícito para alimentar seus caprichos e avareza. Falsos, hipócritas, mentirosos. “Lobos cobertos com capas de ovelhas”. “Sepulcros caiados”.

Mas é bom ver também que o pessoal do crime, na hora da dureza, não pensa duas vezes para delatar. Eles deduram, entregam, tentam colocar a culpa nos seus comparsas de crime.  Porque criminoso não tem amigos, tem comparsas. Criminoso não tem consideração, só tem interesses.

Dentre as muitas definições de DELATOR que age para usufruir das vantagens da DELAÇÂO, creio que as melhores são:

Delator é o bandido que tem medo de ficar preso sozinho.

Delator é o bandido que sabendo que ia receber 100 chicotadas, entregou os comparsas para apanhar menos, dividindo por 2 ou mais o número de chicotadas.

Delator que delata para receber os benefícios da delação, não é criminoso que se arrependeu de ter cometido crimes. É criminoso interesseiro. Denunciante covarde, apenas interessado em salvar sua própria pele.

Delator e Delatado (comprovadamente criminoso), são farinha do mesmo saco. São porcos do mesmo chiqueiro. Comem no mesmo tacho.

Porém, é bom lembrar que nem todo Delatado de fato é criminoso.

Mas, todo criminoso para salvar a pele, torna-se em delator.

O que existe entre criminosos, não é amizade, são interesses.

A BÍBLIA SEMPRE TEM RAZÃO – “Bem-Aventurado o homem que:

  • não anda segundo o conselho dos ímpios,
  • nem se detém no caminho dos pecadores,
  • nem se assenta na roda dos escarnecedores;
  • antes tem o seu prazer na lei do Senhor,
  • e na sua lei medita dia e noite.
  • “ Pois será com a árvore frutífera plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cuja folha não cai; e tudo quanto fizer prosperará” (Salmo 01:1-3).
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Pr. Brito

Pastor Presidente da IEBV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *