Não faça isto!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Não utilize:

  • A ocasião para se tornar ladrão. Porque não é a ocasião que faz o ladrão, é o ladrão que se utiliza da ocasião.
  • As suas fraquezas para cometer torpezas.
  • As dificuldades para tentar se eximir de suas responsabilidades.
  • As adversidades para tentar justificar sua inércia. Pois as adversidades não têm o poder de nos paralisar.
  • As “desculpas amarelas e descabidas” para tentar encobrir ou amenizar seus erros.
  • As justificativas para tentar explicar o injustificável. Pois “não se pode tapar o sol com a peneira”.
  • As desculpas “do que não tenho o que fazer” ou “do que não sei o que fazer”, para justificar sua indolência e preguiça.
  • Os erros dos outros para tentar justificar os seus.
  • A avareza para continuar sendo infiel na entrega dos Dízimos e Ofertas. Lembre-se: “O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males”.

                               II

Não transfira para os outros as coisas que você deve fazer.

Não deixe para amanhã aquilo que você deve realizar hoje. Pois cada coisa deve ser feita no tempo certo.  

Não faça hoje o que deverá ser feito amanhã, lembrando que: “Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu” (Eclesiastes 3:1).

Não faça aos outros aquilo que você não gostaria que eles fizessem a você. A regra é: “Ame ao próximo como a si mesmo”.

Não se aproveite da miséria dos outros, pois o pior dos miseráveis é o que vive da miséria alheia.

                                  

                                  III

Não se utilize da desgraça dos outros, pois quem assim age é desgraçado.

Não procure levar vantagem das fraquezas dos outros, pois isto é tirania.

Não explore os descuidos dos outros, pois isto é oportunismo maldoso.

Não traia a confiança que os outros colocaram em você, pois quem assim age é “mau caráter”.

Não prometa o que você sabe que não pode e nem vai cumprir, pois isto é “canalhice”. E quem pratica a canalhice é canalha.

Não viva de aparências, pois isto é hipocrisia.

Não fale apenas para agradar, bajular e “massagear o ego” de alguém. Pois isto é bajulação subserviente.

Não deixe de fazer o bem que está ao seu alcance fazer. Isto é omissão. “Aquele que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado” (Tiago 4:17).

Não viva de “fachada”. Isto é falsidade.

Não viva sem responsabilidade. Isto é ser inconsequente e irresponsável.

Não viva sem ter e observar limites. Pois viver sem limites é ser libertino e descabrestado.

Não viva sem produzir, sem nada realizar. Pois viver sem produzir ou sem nada a realizar é ser inútil.

Não viva sem ideais e sem sonhos. Vida sem ideais e sonhos é vida vazia, triste, melancólica, sem horizontes e sem expectativas.

Não viva sem amar a Deus, a você e ao próximo. Porque sem amor, você nunca saberá o que, de fato, é viver.

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Pr. Brito

Pastor Presidente da IEBV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *