Passado, Presente, Futuro e Eternidade (I)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

As lembranças do ano que se finda e as expectativas quanto ao novo ano que estamos iniciando a viver, levam-nos a pensar, refletir, recordar, projetar, repensar, especular, sonhar etc.
Na verdade somos conduzidos a vivenciarmos os mais variados sentimentos e experimentamos uma salada de emoções, diante das realidades que vivenciamos no passado, das realidades que vivemos no presente e na expectativa das realidades que viveremos no futuro.
O que deve significar o fato de estarmos iniciando mais um ano? Quais são as nossas expectativas para 2017?
Só o fato de estarmos vivendo um novo ano, já é uma grande bênção, pois significa que Deus está nos permitindo viver por mais algum tempo aqui na Terra. Mais tempo de vida, para maiores realizações.
Um novo ano significa que a vida continua. Mas a principal questão não é simplesmente continuar vivo ou meramente continuar existindo.
O mais importante é sabermos responder, para nós mesmos e para os outros, quais são as razões da nossa vida, quais nossos objetivos, nossas metas, nossos ideais, nossos projetos, nossos valores, nossos sonhos.
Creio que é nesta época, de passagem de um velho ano para um novo ano, quando somos mais confrontados a pensar seriamente sobre a vida, sua temporalidade, sua finitude e sua eternidade.
Assim sendo, quero lhe convidar a fazer uma breve reflexão acerca do passado, do presente, do futuro e da eternidade. Como cada um de nós deve encarar estas realidades em sua própria vida.
Quanto ao PASSADO, é bom saber:
Eu não posso mudar o passado. Não posso reescrevê-lo. Não posso revivê-lo (Recordar não é viver – é apenas lembrar).
Eu não preciso perpetuar o meu passado e nunca devo permitir que os problemas do passado prejudiquem o meu futuro. A atitude mais sensata é deixar que o passado seja passado.
Eu construo um passado relevante e abençoado, quando eu vivo cada hoje de forma abençoada e abençoadora.
Isto, na prática, significa que vou viver cada dia de 2017, de tal maneira que quando chegar a 2018, a minha história de 2017 seja ainda mais bonita, relevante e significativa do que a minha história de 2016.
Eu não posso mudar a história do meu passado, mas posso fazer com que o meu hoje venha a ser no futuro, um passado melhor ou pior do que eu tive até agora. Dependendo de como vou viver cada “hoje” a partir deste momento.
Quanto ao PRESENTE, preciso ter as respostas para o seguinte:
Que tipo de vida quero viver? Como pretendo viver?
Qual a qualidade de vida que desejo?
O que almejo fazer? O que me proponho realizar?
Quais os objetivos que estabeleço para mim?
Quais as metas que pretendo alcançar?
Quais sonhos vou realizar?
Quais os ideais pelos quais vou lutar?
Quais valores morais e éticos deverão caracterizar minha vida?
Quais são as minhas responsabilidades como cidadão?
Como e o que farei para me tornar em um melhor profissional?
Quais as obrigações que tenho para com a minha família?
Como posso aprimorar as relações com o meu próximo?
Como poderei aprofundar-me e crescer na fé?
Quais as esperanças que deverei alimentar em meu coração?
Como poderei me tornar um ser humano ainda melhor?
Como deverei adorar, honrar, exaltar, obedecer e servir a Deus?

Estabeleça os seguintes propósitos:
• Viverei intensamente cada momento que Deus acrescentar a minha existência.
• Abandonarei, rejeitarei e combaterei tudo que pode prejudicar a minha vida física, emocional, profissional, moral, familiar e espiritual.
• Esforçar-me-ei para viver responsavelmente e plenamente cada dia, de tal forma que cada dia de vida seja uma existência em miniatura.
• Viverei sempre de forma consciente e responsável o “hoje” para que o passado seja uma lembrança feliz e o futuro seja ainda mais promissor.
• Colocar-me-ei diariamente e continuamente diante do meu Deus e orarei dizendo: “Ensina-me a contar os meus dias de tal maneira que eu alcance um coração sábio” (Salmo 90:12).

OBS: No próximo abordaremos: FUTURO E ETERNIDADE.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Pr. Brito

Pastor Presidente da IEBV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *